PUZZLE DOC DOURO TINTO 2015 CAIXA - WINEBOX4YOU
1151
product-template-default,single,single-product,postid-1269,theme-bridge,bridge-core-2.2.2,woocommerce,woocommerce-page,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,columns-4,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-20.9,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive
 

Loja

Puzzle – DOC Douro Tinto 2015 – CAIXA 6 unid

30.00

REF: C003 Categorias: , ,
Descrição
ICONS-01

Região: Douro

ICONS-03

Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Amarela e Touriga Franca

ICONS-04

Ano: 2015

ICONS-06

Teor Alcoólico: 13% Vol.

ICONS-05

Temperatura de consumo: 16-18 ºC

PUZZLE DOC DOURO TINTO 2015 CAIXA

 

NOTAS DE PROVA:

De cor rubi profunda, o seu aroma é bastante intenso, sobressaindo as notas florais a violeta, aromas balsâmico, resina de cedro e frutos vermelhos bem maduros. Na boca apresenta bom volume, acidez bem equilibrada, taninos de muito boa qualidade, notas de frutos vermelhos e baunilha. O seu final é elegante e harmonioso.

 

NOTA:

Deve abrir a garrafa, pelo menos 10 minutos antes de servir, para poder apreciar este vinho na sua plenitude.

 

SUGESTÕES DE CONSUMO:

É um vinho muito gastronómico, ideal para acompanhar todo o tipo de aves, carnes variadas, fumeiro e queijos.

 

CASTAS:

Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Amarela e Touriga Franca.

 

Alc. 13% Vol.

 

FICHA TÉCNICA PUZZLE DOC DOURO TINTO 2015 CAIXA

 

SOBRE AS CASTAS
Touriga Nacional

Casta tinta autóctone é cultivada em todo o país, de Norte a Sul, apresentando uma tendência de desenvolvimento significativamente crescente.

Adapta-se a todos os tipos de solo embora exija elevada insolação e calor, apresenta bom comportamento com a maioria dos porta-enxertos, desde que correspondam à fertilidade e disponibilidade hídrica do solo.

Os vinhos obtidos são geralmente complexos e de qualidade muito elevada, apresentando grande intensidade das componentes da cor e aroma, geralmente redondo e macio lembrando frutos silvestres maduros; apresentam também uma elevada capacidade para o envelhecimento e em particular em madeira.

 

Tinta Roriz

Casta tinta ibérica, é cultivada em diversas regiões com especial destaque para as DOP Douro, Porto e Trás-os-Montes, apresentando-se no geral com um vigor médio a elevado e elevada homogeneidade de produção.

Não sendo conhecida incompatibilidade com os porta-enxertos tradicionais e pouco vigorosos, prefere solos profundos, bem drenados e com reduzida disponibilidade hídrica e um clima seco e muito quente.

Os vinhos obtidos são macios ao sabor e bem providos de matéria corante e aromaticamente intensos e complexos, desenvolvendo aromas de ameixas e frutos silvestres.

 

Trincadeira/Tinta Amarela

Casta tinta autóctone, também conhecida por Tinta-Amarela (sinónimo reconhecido) é cultivada em todo o país com especial incidência nas DOP Douro, Porto e Trás-os-Montes e ainda nas zonas mais quentes das IGP Beiras, Lisboa, Tejo, Península de Setúbal, Alentejano e Algarve, cultivando-se também na Austrália.

Adapta-se aos porta-enxertos de baixo vigor e ciclo curto, preferindo solos de baixa fertilidade e com textura fraca/arenosa, secos ou bem drenados e um clima quente, com suficientes horas de insolação; como os bagos se destacam frequentemente na fase final da maturação, a vindima mecânica é recomendada.

Segundo alguns autores, a qualidade dos vinhos depende muito das condições edafoclimáticas e do estado sanitário das uvas na chegada à adega, mas no geral, os vinhos jovens apresentam uma cor granada intensa e no aroma são perceptíveis algumas notas de alguma ameixa passa; predominando um aroma herbáceo associado a especiarias e alguma pimenta, com a evolução podem encontrar-se aromas de compotas e uma grande complexidade e finura; na boca, os vinhos são geralmente macios e com algum acídulo, mostrando notas semelhantes ao aroma. No geral, apresentam boa aptidão para envelhecimento e em particular para o envelhecimento em madeira.

 

Touriga Franca

É a casta mais plantada na região do Douro, ocupando actualmente cerca de um quinto do encepamento total da região. A sua popularidade fundamenta-se na extrema versatilidade, produtividade, equilíbrio e regularidade da produção, bem como na boa sanidade geral. Desenvolve-se num ciclo vegetativo longo, proporcionando vinhos ricos em cor. Com cachos médios ou grandes, de bagos médios e arredondados, a Touriga Franca é um dos pilares estruturais dos lotes durienses, assomando de forma decisiva no Vinho do Porto e nos vinhos de mesa. Graças à forte concentração de taninos, contribui para o bom envelhecimento dos lotes onde participa. Oferece fruta farta, proporcionando vinhos de corpo denso e estrutura firme mas, simultaneamente, elegantes. Por regra os vinhos sugerem notas florais de rosas, flores silvestres, amoras e esteva, sendo regularmente associada com as castas Tinta Roriz e Touriga Nacional.

 

fonte: IVV

Informação adicional
Peso 9 kg
Ano

2015

Região

Douro

Tipo

Tinto

Garrafa, caixa, box

Caixa

Open chat
Podemos ajudar?

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close